Archive for outubro, 2014

SOBRE OS QUE VÃO E OS QUE FICAM

quarta-feira, outubro 22nd, 2014

Para Carol Costa, Dandinha, Aurelio Melo, Gealdo Brito,Moisés Chaves e tantos outros…

Alguns partem de sua terra em busca de seus sonhos, em busca de uma vida diferente, atrás de algo que não sabem bem do que se trata, e é impossível ficar. Assim aconteceu comigo. Parti de Teresina obstinada a dar certo, uma menina de 22 anos, cheia de sonhos e super destemida. E aqui estou. Fiz muita coisa, mas não realizei tudo o que sonhava, longe disso. Mas a vida longe de casa me fez transformações incríveis, descobri o valor das coisas, a dificuldade das coisas, perdi a inocência, e fiz novos amigos, construí uma vida novinha em folha a partir de mim mesma, sem pedigree, e sem carta de referência. (O que foi muito difícil, pois trouxe comigo a ingenuidade, as manias e os defeitos de fábrica). Acho que representei bem minha terra, e tenho orgulho dessa caminhada, que foi e é bonita. Mas os sonhos não param…

Agora que fiz as pazes com minha busca e com meu passado, retorno a Teresina com outro espírito e com muita fome literalmente. (Sinto saudades no estômago!) E vejo os amigos que ficaram. Tudo o que realizaram e sua importância.

Vejo que o Aurélio, meu maestro soberano do Piauí, conseguiu sua orquestra sinfônica, faz um trabalho lindo! (Que coisa incrível!!!!!), vejo a Carol Guerreira (minha grande amiga de vida), que veio brilhou e voltou puxada pelo cordão umbilical. Delicada e doce como sempre embalando as noites e os eventos com sua afinação única e sua voz de anjo. (Que privilégio desse povo!) Ela ficou uma mulher tão bonita! O tempo não passa pra ela, e ainda faz canções, artesanato e filhos incríveis!

Quando fui lá toquei com o Geraldo Brito, essa enciclopédia ambulante da música brasileira, sabe tudo e não guarda, ensina, repassa, devo muito a ele! Toca como ninguém, acompanha a todos os cantores locais e tem uma obra autoral significativa… Na sua calma, no seu jeitão, ele sonha, ele cria e segue sem perder a fé, sempre apaixonado pelos cantores, sempre estimulando o estudo e o conhecimento na gente. Geraldo, você é a alma musical dessa cidade.

E na balada encontro a Dandinha, nossa pop star festeira, (Ivete que nada! rs!), aquela que faz a noite de Teresina ferver, ela tem evento todo dia, como trabalha essa danada! Pasmem, com musica! E me diz que é feliz e que não quer, nem pretende sair dali.

Tem o Moisés… Ah, o Moisés… Meu primeiro e eterno produtor, aquele que primeiro acreditou no meu potencial de “estrela”! Rs! Por onde ando na Cidade Verde alguém me fala do trabalho do Moisés como professor de teatro, como ele mudou e modificou a vida de tantos jovens! (A minha também, Mocha!) E como ele é importante pra Teresina! E ainda por cima, produz, canta, atua…

E assim são vários, que vou esquecer os nomes, pois não são poucos naquela terra fértil e angustiada. Um dia quem sabe tenhamos a chance de mostrar tudo isso para o mundo.

Eu quero dizer uma coisa aos que ficaram: Como vocês são felizes e são importantes! Na visão panorâmica que a distancia me dá, com a vivência que tenho hoje, com o ego juvenil esmagado pelas experiências da carreira e da cidade grande, eu posso dizer isso com categoria. Que bom que ficaram! Pois uns vão, outros ficam, cada um segue a rota da sua alma, e todos tem uma importância enorme! Saibam que as angústias nos acompanharão sempre, onde quer que estejamos. Enquanto houver vida em nós, haverá expectativa e insatisfações, pois estamos vivos e somos artistas.

Ah, mas assim como eu posso voltar, vocês também podem vir, não tem regra e o tempo não tem tempo.

Ensaio Patricia Mellodi 06102014_Foto Alexandre Moreira-59